Capa

Cavaleiro Sports Stock Car

Cavaleiro Sports conquista dois pódios na estreia da F4 Brasil

Equipe de Beto Cavaleiro escreveu seu primeiro capítulo na etapa inaugural do campeonato com saldo positivo, em etapa no Velocitta

16.05.2022  |  324 visualizações

A Cavaleiro Sports começou a escrever no último final de semana mais um capítulo de sua história, com a estreia na F4 Brasil, com a etapa inaugural da categoria, no Autódromo Internacional do Velocitta. A programação contou com três corridas e em duas o time comandado por Beto Cavaleiro subiu ao pódio. Na primeira com Nicolas Giaffone, na terceira colocação; e na segunda prova, como Felipe Bartz, em segundo lugar.

“Foi um final de semana de grandes emoções e muito trabalho e dedicação nesse projeto inovador. Acredito que iniciamos muito bem nossa trajetória. Tivemos alguns problemas nos carros do Vinícius Tessaro e do João Tesser, que buscamos sanar já na etapa. O Nic (Giaffone) e o Pipe (Bartz) foram muito bem e é gratificante ver esses resultados convertidos em pódio”, destacou Beto, que fez tripla jornada atuando como chefe de equipe na F4 Brasil e na Stock Car e como piloto na Copa HB20.

Na corrida 1, que aconteceu no sábado (14), Giaffone largou na sétima colocação e fez uma largada perfeita já em busca por posições e com alguns incidentes e a entrada do safety car soube administrar muito bem toda a corrida. “Sabíamos da probabilidade de dar problema tanto na frente, quanto atrás do grid era alta, sabíamos que o safety car poderia aparecer, então foi um trabalho muito de cabeça, no rádio, juntamente com a equipe, consegui extrair o máximo do carro. Já na corrida 2, o foco era pontuar mesmo para, assim, ter consistência”, revelou Nic Giaffone, que subiu ao pódio na primeira prova e finalizou em P7 na segunda. "Tínhamos um bom ritmo, infelizmente a corrida 3 não foi positiva para nós. Tive um toque logo no começo, então fui ao box trocar o bico. No geral, o aprendizado da etapa inaugural foi entender a importância da classificação e ter uma noção da dinâmica do campeonato. A chave, como sempre, será a constância e vamos em busca disso", finalizou.

O paulista Felipe Bartz, que conquistou a segunda colocação na corrida 2, também no sábado, ficou satisfeito com os ótimos resultados. Depois de ficar em oitavo na corrida 1 e conquistar seu primeiro pódio, Pipe encerrou a etapa inaugural da categoria com mais um ótimo resultado neste domingo na corrida 3. Largando de 15º e último, por não ter participado do classificatório, o piloto fez mais uma excelente prova de recuperação e chegou em sétimo lugar. Com os resultados, Pipe está entre os cinco melhores no campeonato, com 22 pontos.

“A terceira corrida foi bem disputada e difícil. Larguei de 15º de novo e terminei a prova em sétimo. Aconteceram alguns acidentes a minha frente e também consegui boas ultrapassagens para chegar novamente nos pontos. Continuei com problemas nos freios, mas o carro estava muito rápido. Estou muito feliz com mais este grande resultado”, declarou Pipe, que é sobrinho do piloto Rubens Barrichello.

Apesar das dificuldades, a sensação é de missão cumprida. “Foi uma estreia muito boa. Uma ótima oportunidade para mostrar o quão rápido somos. Mesmo largando de último, por não ter completado uma única volta no classificatório, consegui encerrar a etapa em quinto no campeonato”, ressaltou o piloto de 16 anos.

A segunda etapa da temporada acontecerá nos dias 30 e 31 de julho no autódromo José Carlos Pace, em Interlagos.

Corrida 1
1. Pedro Clerot (Full Time Sports) 16 voltas em 27min36s086
2. Nicholas Monteiro (TMG Racing) + 7s904
3. Nicolas Giaffone (Cavaleiro Sports) + 11s961
4. Fernando Barrichello (Full Time Sports) + 13s458
5. Victor Backes (KTF Sports) + 26s207
6. Richard Annunziata (KTF Sports) + 28s034
7. Ricardo Gracia (Full Time Sports) + 28s690
8. Felipe Barrichello Bartz (Cavaleiro Sports) + 28s992
9. João Tesser (Cavaleiro Sports) + 29s718
10. Luan Lopes (KTF Sports) + 29s963

Corrida 2
1. Ricardo Gracia (Full Time Sports) 12 voltas em 20min36s256
2. Felipe Barrichello Bartz (Cavaleiro Sports) + 11s886
3. Fernando Barrichello (Full Time Sports) + 12s290
4. Pedro Clerot (Full Time Sports) + 13s848
5. Lucas Staico (TMG Racing) + 14s217
6. Luan Lopes (KTF Sports) + 15s138
7. Nicolas Giaffone (Cavaleiro Sports) + 17s473
8. Victor Backes (KTF Sports) + 18s911
9. Nicholas Monteiro (TMG Racing) + 19s139
10. João Tesser (Cavaleiro Sports) + 19s226

Os 10 primeiros na corrida 3:
1. Pedro Clerot (Full Time Sports) 14 voltas em 25min52s665
2. Lucas Staico (TMG Racing) + 0s604
3. Ricardo Gracia (Full Time Sports) + 1s739
4. Nicholas Monteiro (TMG Racing) + 3s974
5. Lucca Zucchini (TMG Racing) + 5s935
6. Nelson Neto (Full Time Sports) + 7s983
7. Felipe Barrichello Bartz (Cavaleiro Sports) + 8s102
8. João Tesser (Cavaleiro Sports) + 8s766
9. Victor Backes (KTF Sports) + 8s967
10. Nicolas Giaffone (Cavaleiro Sports) + 9s215

Os 10 primeiros no campeonato, após a primeira etapa:
1. Pedro Clerot 62
2. Ricardo Gracia 37
3. Nicholas Monteiro 30
4. Lucas Staico 24
5. Felipe Barrichello Bartz 22
6. Fefo Barrichello 22
7. Nicolas Giaffone 18
8. Victor Backes 13
9. Lucca Zucchini 10
10. Richard Annunziata 8

Próximas etapas da Fórmula 4 Brasil:
Etapa 2 – 31/07 – Interlagos (São Paulo, SP)
Etapa 3 – 04/09 - Local a definir
Etapa 4 – 25/09 – Velocitta (Mogi Guaçu, SP)
Etapa 5 – 23/10 – Goiânia (Goiânia, GO)
Etapa 6 – 20/11 – Brasília – Super Final BRB (DF)

Leia também...
11.05.2022

Time chefiado por Beto Cavaleiro ocupa a nona posição entre os pilotos com Marcos Gomes e quer seguir avançando na classificação no Velocitta

10.05.2022

Na primeira prova da categoria no país, time de Beto Cavaleiro cuidará dos carros de Felipe Barrichello Bartz, Nicolas Giaffone, Vinícius Tessaro e João Tesser

10.04.2022

Campeão de 2015 brilhou na corrida 2 e foi o primeiro a ver a quadriculada, na etapa que marcou o retorno da categoria à Cidade Maravilhosa

09.04.2022

Piloto da Cavaleiro Sports larga em 14º na volta do automobilismo ao Rio de Janeiro e quer se manter no grupo de elite na tabela de classificação